quarta-feira, maio 27

Casamento!!!


Juro que achei que esse dia não chegria!
Mentira.
Todo mundo sabe que chega!
Hoje meu filho me ligou pra avisar a data de seu casamento...então!
Nunca me senti assim, também nunca um filho meu se casou antes. Sensação estranha...

Acho que o que falta é eu me acostumar com a idéia.

sexta-feira, maio 22

O O O LÁ EM CASA

Marley e nós!!!

As estrelas da casa!!!

Compartilhar é bom!
Hórus e Gato Cinza!(Qual o melhor nome pra um gato cinza? Gato Cinza!)

quinta-feira, maio 21

Acabei!!!





Consegui teminar a bolsa, depois de varias tentativas frustradas acho que consegui um resultado razoavel. Claro que tem muita coisa que ainda dá pra melhorar, mas gostei muito de como ficou. O legal é que ja tem gente querendo uma igual...OBA além de fazer o que gosto, ainda posso ganhar uma graninha extra!




















terça-feira, maio 19

Nadismo x torta de banana


Alguém ja ouviu falar em nadismo? Pois é a idéia de tirar um tempo pra não fazer nada!!! Encontrar-se consigo mesmo, coisas assim...Quem me dera? To quase enouquecendo de tanta coisa pra fazer. Também pudera, uma mãe com 88 anos que faz a mesma pergunta mais de 88 vezes por dia(tadinha dela...e de mim rsrsr), filhos, muitos filhos quatro pra ser mais exata, um casando, dois em casa praticando nadismo e um estudando, marido eventualmente de folga e cinco bichos. Fora a casa e suas exigências, os trabalhos manuais, etc... Dá pra praticar nadismo?
Sem contar que estamos numa fase em que a torta de banana reina absoluta na minha cozinha. Tá bom que essa não é a minha foto, posto uma assim que um pedaço dela sentir-se rejeitado pelos formigões de plantão e disposto a ser fotografado!!!
Falando sério, to muito disposta a ser uma praticante de nadismo




O PORQUÊ DO NADISMO
Quem está buscando mais qualidade de vida sabe que a falta de tempo é o principal fator de estresse. Contudo, a pressa constante para cumprir todas as atividades do dia-a-dia de forma produtiva e eficiente tornou-se um vício. Por isso é tão difícil parar, desligar, desconectar... Ficar sem fazer nada parece perda de tempo, parece ser algo inútil ao mesmo tempo que gera ansiedade e sentimento de culpa.


Ficar sem fazer nada de vez em quando é muito bom, mas não é tão fácil quanto parece, não é?
Podemos sentir ansiedade, culpa, etc... Ou a dificuldade pode estar no fato de que nunca sobra tempo!

Também é um assunto um tanto controverso. Afinal, como se faz nada?

Para facilitar a nossa vida e chegar num consenso foi criado o nadismo, a prática oficial do não fazer.

É simples, a hora que você quiser parar decida que esse é o SEU momento de nadismo. Se dê esse direito!
Pode ser apenas 1 minuto, 10, meia hora, etc...
Então é só seguir as 4 dicas abaixo.


DIRETRIZES DA PRÁTICA DO NADISMO

1. STOPNJOY!
Este tempo é totalmente seu para que você desfrute o fazer nada sem pressa.

2. ENTREGUE-SE!
Abandone a intenção de fazer nada. Esqueça qualquer objetivo, o nadismo não tem nenhum propósito.

3. SOSSEGUE!
Privilegie o silêncio e a imobilidade.

4. OBSERVE!
Evite ocupar-se mentalmente. Deixe a mente vagar como as nuvens.
Mais informações: Clube de Nadismo

Beba muitooooooo...mas que seja agua!!


Hidrate seu corpo!
Essencial para boa forma, já que quanto mais você ingere líquido, melhor o metabolismo vai funcionar. A água é ideal para digestão, absorção e transporte de nutrientes, serve como solvente para os resíduos corporais (eliminação das toxinas) e ajuda a manter a temperatura do corpo estável. Um adulto precisa tomar cerca de 6 a 8 copos de água por dia.



sexta-feira, maio 15


Oba, depois de férias, viagem, uma verdadeira festa gastronomica nos últimos dias, consegui, ninguém me pergunte como NÃO ENGORDAR!
Não imagino como tal coisa aconteceu, a balança dessa vez , não se moveu.
Agora, vamos ver se consigo voltar a RA a partir de amanhã.
Aproveitando que hoje é sexta, tudo novo de novo!

Chegou o frio


Parece que o friozinho chegou...
Agora é a hora de tirar aquele monte de roupas, há séculos guardadas no guarda-roupas.
Até que tava com saudades!

sábado, maio 9

Antes de ser Mãe


Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes. Eu não tinha roupas manchadas. Eu tinha calmas conversas ao telefone. Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queria e nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes. Antes de ser mãe eu limpava minha casa todos os dias. Eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de embalar. Antes de ser mãe eu não me preocupava se as minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas eram coisas em que eu não pensava. Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas. Antes de ser mãe eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos. ... eu dormia a noite toda... Antes de ser mãe eu nunca tive que segurar uma criança chorando para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções. Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam. Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha. Eu nunca fiquei sentada horas e horas olhando um bebé dormindo. Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só por não querer afastar meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar quando não pude estancar uma dor. Eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a minha vida. Eu nunca imaginei que pudesse amar alguém tanto assim. Eu não sabia que eu adoraria ser mãe. Antes de ser mãe eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do meu próprio corpo. Eu não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto. Eu não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança. Eu não imaginava que algo tão pequenino pudesse fazer-me sentir tão importante. Antes de ser mãe eu nunca me levantei à noite a cada 10 minutos para me certificar de que tudo estava bem. Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor, a dor e a satisfação de ser uma mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes. por tudo e, apesar de tudo, obrigada, Deus, por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo. Obrigada Deus por permitir-me ser Mãe!


sexta-feira, maio 8

O amor é uma flor



As coisas são como tem que ser, não tem jeito. Dia desses passando por uma loja, vi uma bolsa de tecido, muito fofa. Saquei o celular e tirei a foto com a intenção de fazer uma parecida. Dando uma olhada nas fotos de uma prima, na internet, deparei com uma com algumas bosas, gostei da ideia de fazer a bolsa de croche, não mais de tecido. Pesquisando encontrei essa belezinha!!!








Pendurada no ombro de nada mais nada menos que Angelina Jolie...tá bom assim?
Apesar da pouca prática, me joguei de cabeça e estou fazendo a minha. A original é do estilista frances Gerard Darel e custa aproximadamente U$399,00!!!
Vamos ver no que é que vai dar!!!