sexta-feira, maio 14

Acho que tô grávida!!! E fresca

Gudy Mórnim...óóuuu  iésssss
Maravilhosas do mundo light, como vocês estão? Tu do bens eu espero.
Comigo tá tudo direitinho, se não fosse um descontrole hormonal-comestível-tepeemístico que tive ontem, claro que à noite. Dia ruim, mas nada que não possa ser concertado hoje(espero).
Gente, acordei grávida, e não ligeiramente, completa-absoluta e terminantemente GRAVÍDA... ou pelo menos é isso que a minha barriga tá pensando!  E se comportando como tal. Não que gordo não tenha barriga, mas hoje está digamos que "especial". Deve ser a visita da Dona M, que parece que tá mandando a sogra na frente. To odiando.
Mas não vou ficar aqui falando dela, na não, passei uns dias pensando numa coisa que leio em muitos blogues, que muitas de nós vivem em função da próxima refeição. Acho que todas passamos por isso. Isso se chama viver em funçaõ da comida?
Pois bem, pode até ser, mas e se a gente mudar um pouquinho o foco. Vamos ser bem realistas, a gente não deixa de pensar em comida de um segundo pro outro:
-Agora que sou uma candidata a magra, comida não é mais importante pra mim! Nem pesno nisso!!
Fala sério!!!
Eu penso em comida sim, o dia inteiro, se não é a minha é a dos filhos, dos cachorros, dos gatos, ou até de quem bate a porta a procura de um pratinho. Fora a tv que bombardeia a gente com pratos fáceis e saborosos o dia todo.
Então por que não pensar na comida de uma forma prazerosa, sem culpa e lógico respeitando a RA e evitando os exageros?
Criar um cardápio é o primeiro passo - assim a gente não corre o risco de chegar na hora e mandar pra dentro o primeiro pedaço de pizza que tá lá no freezer. a gente já escreve tudo o que come não é? Então dá pra fazer isso com antecedência, dai é só por um OK do ladinho e claro se houver um deslize ou imprevisto corrigir a anotação.
Se você já tiver a refeição esquematizada, não tem que ficar pensando no que vai comer, por que já sabe.
E outra coisa, fazer da refeição um verdadeiro ritual.
Desde o preparo, até a hora de comer.É isso mesmo ,e  chega de comer na frente do pc, em pé do lado do fogão ou vendo TV. Arruma a mesa, põe o pratinho enfeitadinho, com aqueles raminhos de sasinha, florzinha de tomate e tudo mais, com toda a frescura que for possivel. Sente e APRECIE a comida. Ter prazer em comer, em experimentar novas combinações, novos sabores, curtir  o momento. Nosso problema é que a gente come com o piloto automático ligado.
Vou começar a fazer isso a partir do almoço, por que acabei de comer meu sanduíche aqui (rsrsr affe, faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço)
Brindadeira da Música DIA 4
Hoje é o dia da música que me deixa triste: é uma música que tocava muito na época que o meu primeiro marido, não gosto de falar assim, parece concurso de Miss, pai dos meus filhos morreu, do grupo Raça Negra a música Cigana. Ele gostava muito dessa música.

answer the questions
Lei, 
a torta eu fiz com a massa básica de torta de liquidificador. Leite(1 1/1 xic), 3 ovos, óleo(1/2xic), sal, um tequinho de açucar, frinha(até dar o ponto) e fermento em pó(1 col de sopa). Eu misturei o recheio direto na massa e coloquei em porções na frigideira quentinha no fogo bem baixinho, virei e pronto. Piscou os olhinhos brilhantes?
Jéssica,
não fui eu quem fez o layout-quem me dera ter esse dom- só dei uma mudadinha no fundo, sou enxirida mesmo e muitas vezes já fiz M#§@a com o blog, agora tenho um de teste onde se errar não dá nada.   
                                                                            Beijos