quarta-feira, janeiro 19

90 anos , uma vida.

1922 -Mussolini chega ao poder na Itália  
        Realização da Semana de Arte Moderna em São Paulo  
1926-Hirohito torna-se imperador do Japão 
1927-Lindenberg realiza a primeira travessia áerea do Atlântico
        Getúlio Vargas é eleito presidente do Rio Grande do Sul
 
1928-Stálin assume o poder na União Soviética
1929-Quebra da Bolsa de Nova York
1930-Franklin Roosevelt torna-se presidente dos EUA 
1933-Hitler torna-se o 1° ministro alemão
1937-Picasso pinta Guernica
1939-Hitler invade a Polônia: começa a Segunda Guerra Mundial
1941-Ataque japonês a Pearl Harbour precipita a entrada dos EUA na Guerra
1942-Brasil entra na Segunda Guerra
1948-Criação do Estado de Israel 
1950-Primeiro computador comercial, UNIVAC I, é lançados nos EUA    
1954-Vargas comete suicídio 
1957-União Soviética dá largada à corrida espacial, lançando o     Sputnik
1960-Kubitschek inaugura Brasília 
1963-Kennedy é assassinado nos EUA
1969-Homem chega à Lua 
1981-Cientistas isolam o vírus da AIDS
1983-Internet é criada
1985-Tancredo Neves morre após eleição
1989-Queda do muro de Berlim 
     Collor é eleito presidente                
1991-Fim da União Soviética 
1999-Cientistas escoceses produzem clone de uma ovelha 
2000-Bug do ano 2000
2001-11 de setembro aterroriza o mundo 
2004-Tsunami
2006-Crise de violência no Brasil (PCC/São Paulo)
2009-Crise Econômica Mundial 
2010-Guerra ao tráfico 
2011-Novos alagamentos no Rio de Janeiro

Oi
Talvez muitas de  vocês estejam pensando que entraram no blog errado, que esse não é um blog voltada à RA, ou que to doidinha mesmo...mas vocês já vão entender.
Coloquei alguns dos acontecimentos mundiais- e bota alguns...aconteceu muita coisa nesses 90 anos- apenas pra ilustrar "quanto" realmente significa esse espaço de tempo, é muita coisa. 
Se é muita coisa para a humanidade como um todo, calcule para uma só pessoa, e minha mãe é a pessoa privilegiada que hoje completa 90 anos de existência.
Parabéns para ela, e que o Grande Ser Supremo, que está acima de tudo e de todos a conserve ...
Ela sempre foi uma pessoa lutadora, que batalhou por cada dia na vida.
Quando nasceu, seu pai havia falecido há 15 dias, foi a caçula de 6 irmãos, sofreu as dificuldades de trabalhar no campo e de desde muito cedo ser a responsavel pelo bom andamento de uma casa. Nunca teve oportunidade de frequentar uma escola(uma grande tristeza que até hoje ela carrega), mas sozinha aprendeu a escrever e ler -hábito que sempre cultivou. Foi a 'tia' que sempre estava à mão para cuidar dos sobrinhos, até se casar aos 35 anos...pura como nasceu, e sem a mínima idéia do que iria lhe acontecer (parece coisa de filme né?) Não foi tão feliz no casamento, teve um marido dependente do álcool, que trazia na bagagem 3 filhos do primeiro casamento e uma vida de cigano...sempre estavam mudando de cidade. Seu sonho era ter um filho, e conseguiu isso aos 46 anos.(Ai eu entro na história rsrs) Aos 51 anos viu seu marido morrer de câncer depois de sofrer 3 anos, nesse tempo o que lhe valeu foi seu trabalho de costureira, sustentou a ela, ao marido e à mim. Lembro-me dela na maquina de costura, sempre trabalhando.  
As coisas ficaram dificeis, mas ela não desistiu e continuou com o que tinha, foi trabalhar em casas de familia como governanta,  sempre com a condição de me aceitarem com ela,  por que assim não tinha gastos. Eramos apenas nós duas, eu e ela...
Passamos por bons e maus momentos, houve tempos em que ela tentou trabalhar com costura, moramos em quartos de pensão, em garagens, na casa dos outros...Quando eu tinha 9 anos ela conseguiu trabalho na casa de um dono de esitora, que nos acolheu como da sua familia e nos tratou com muito carinho e respeito. Ele foi o pai que não tive. Quando eu ia completar 16 anos, a irmã dele ficou viuva e viria morar com ele e os serviços de minha mãe já não eram mais necessários. Lá fomos nós de novo. Pulamos daqui pra lá e de lá pra cá, até que conseguimos ter nossa casa- alugada, mas nossa. Nessa época me casei, então vieram os meninos e ela sempre ali, junto da gente.
EM 1994, meu marido morreu e ela foi meu amparo, em tudo.
Em 1997 ela precisou ser amparada, caiu de uma escada e teve um derrame cerebral, acho que foi o memento mais critico da minha vida. A partir dali, a mãe que eu tinha já não existia mais, as sequelas a tranformaram, de uma mulher viva e ativa a uma mulher quieta, quase apagada, mas em alguns momentos olhando no fundo dos olhos dela ainda vejo um lampejo da pessoa que foi...e é pra essa pessoa que ser que ainda habita dentro dela e na minha memória que escrevo isso como uma homenagem.



 


Obrigada mãe...eu amo você!
E parabéns

9 comentários:

Ana Domanski disse...

NOSSA AMIGA,DEIXO O MEU ABRAÇO A SUA QUERIDA MÃE,REALMENTE É UMA PESSOA VITORIOSA DEPOIS DE PASSAR PO TANTOS SOFRIMENTOS.SAUDE,PAZ A SUA MÃEZINHA.FIQUEI SEM PALAVRAS .BJINHOS CARINHOSOS,TENHA UMA OTIMA QUARTA.

Andrea Aoki disse...

Oi Lyh, vc já tinha me dito o q havia acontecido com a sua mãe, que post mais lindo, mais emocionante :´) Meu Deus ... me fez lembrar a minha bisavó que praticamente me criou, fiquei emocionada mesmo. Parabéns pra ela, essa mulher linda, de garra, de fibra que com certeza lhe passou valores infinitos! Mãe é tudo na vida da gente :)

E parabéns tb pra vc por ser essa filha exemplar e cuidar dela com tanto amor e carinho =)

Um beijo minha linda!!!!

Cris disse...

Menina, tô sem palavras com esse post lindo! Toda história de vida é rica e importante porque faz parte do que somos. Eu não sei contar muito sobre a minha mãe, eu acho, mas um dia vou tentar (ela ainda é viva, mas não conversamos muito sobre coisas pessoais). Dê meus parabéns a essa mulher incrível que fez e faz parte da sua vida e da sua essência. Feliz niver mãe da Lyh!!! :) Beijos!! Cris

Jenny. disse...

Lih, que post mais lindo e incrível. Meus olhos encheram de lágrima! Minha mãe (60) também foi e é uma mulher guerreira e sei o orgulho e amos que vc sente!

Bjos mil :-)

Erika disse...

Oi Lyh...

Que grande mulher vc tem como mãe e companheira!!!

Parabéns pelos 90 anos de vida dela e parabéns pra vc por saber reconhecer essa grande mulher e cuidar dela agora que ela precisa de vc.

Muito obrigada por compatilhar essa história com a gente e pelo carinho no meu cantinho.

beijo grandeeeeeeeeeeee

Sara Vanessa - Shazinha disse...

Oi amiga

só passando para deixar um carinho corrido...

o tempo voa, nos sabemos... mas o carinho sempre eh imenso...

entaum...

bjaum

@sara_van

Vintage ✿ Mademoiselle Priscilla disse...

Olá minha querida, passando pra divulgar meu novo endereço. te espero lá. bjs!

FRANCYS LARA disse...

LYH, me emocionei com seu post, coisa mais linda, uma homenagem a uma pessoa tão especial que merece realmente tudo de melhor nesta vida, acredite, ela é a mulher batalhadora sim que vc descreve e vc puxou sua mãe! Retribua com muito carinho tudo que ela fez para te criar, o milagre da vida é isso, dar e receber!!!!!
Mande meus parabéns mesmo que atrasados a sua mamãe e diga-a que já não mulheres como ela, são lendas!!!!
Lyh, adorei seu novo layout, mas vou te confessar que fiquei meio perdida...o post de hoje eu não consegui abrir...
mas vaeu a pena pois aí pude ler este, que valeu muito a pena!!!
Bjocas

Aline Silva disse...

Flor,
Realmente o lugar é lindissimo,as fotos ficaram maravilhosas.

Bom fds


Bjuuus