quarta-feira, outubro 3

25 dicas pra ajudar na RA

Hello my little friends

Fui no mercado e não tava com fome, viu? kkk
Nem musiquinha de tubarão, nem me esgueirei como o iluminado por entre as frestas das gondolas, nem meus olhos saltaram como do lobo mau dos desenhos na confeitaria...foi tranquilão. A conta que não é tranquila, definitivaammente.
Pelo  jeito meu tigre foi ao "culista" e dilatou as pupilas, por que tava bem cegueta até ontem.
Mas nem tudo está perdido quando resta uma esperança!
Voltei a RA ontem, tudo certinho como manda o figurino. A AF que não vemnimim...dor nas costas por causa da amiga TPM.
 E quando o assunto é TPM, qualquer incentivo é de grande valor pra não nadar e morrer na praia. Existem várias dietas, cada uma delas com suas restrições, seus truques. Mas quem disse que a gente não pode juntar coisas boas de cada uma e ver no que dá? A nutricionista Patrícia Segadães selecionou 25 dicas das dietas mais famosas pra dar uma alavançada na guerra contra a balança.
Agora é só por em prática!!!



1. Fazer snacks de amêndoa
Está entre os alimentos mais investigados no que diz respeito à perda de peso. Tem enorme poder saciante e ajuda a reduzir o peso e a gordura corporal. Coma oito a dez por dia.

2. Limitar a ingestão de hidratos de carbono
É um dos grandes trunfos de dietas de emagrecimento rápido, como a de Atkins, em que a perda de peso é quase automática, graças à redução da ingestão de alimentos como o pão ou a massa.

3. Apostar em refeições ricas em proteína
A proteína é considerada o nutriente de primeira importância em dietas de emagrecimento, dado o seu grande poder saciante. Está presente na carne, peixe e marisco, ovos, laticínios, nozes e sementes.

4. Seguir uma alimentação variada
Quanto mais variada for a dieta, maior será a probabilidade de receber todos os nutrientes de que precisa, concluiu um estudo publicado no Journal of nutrition. Para além disso, se o plano alimentar for monótono, a probabilidade de o cumprir até ao fim (e de perder peso) tenderá a diminuir.

5. Reduzir o uso de sal
Depois de tratar mais de duas mil pessoas com insuficiência renal e cardíaca, com uma dieta pobre em sal, o médico alemão Walter Kempner, autor da Dieta do Arroz, constatou que o tratamento teve como efeito colateral a perda de peso na maior parte dos pacientes.

6. Consumir iogurte
Contém probióticos, bactérias que facilitam a digestão e que, ao alterarem as bactérias do sistema digestivo, ajudam a controlar o peso. Ingira, pelo menos, dois por semana.

7. Beber chá verde
Alguns investigadores defendem que as catequinas, um tipo de antioxidante presente nesta bebida, estimulam o organismo a queimar gordura. Beba diariamente, no máximo, três chávenas por dia e consuma-as até ao final do dia.

8. Fazer exercício físico
Seja qual for a atividade física, o importante é que se mexa, nem que seja andar a pé. O exercício físico deve fazer parte integrante do plano de emagrecimento.

9. Preferir alimentos biológicos
Por serem mais ricos em antioxidantes, o seu consumo está relacionado com o aumento dos níveis de saciedade, acelerando a perda de peso. Privilegie os alimentos frescos e integrais, em detrimento de produtos processados, refinados e empacotados, mais calóricos e menos saudáveis.

10. Cozinhar com óleo de coco
A gordura nele contida, triglicerídeos de cadeia média, ajuda a acelerar a queima de calorias e de células gordas, promovendo a perda de peso.

11. Comer «à francesa»
É a expressão utilizada por Mireille Guiliano no livro As francesas não engordam (editorial Presença), cuja ideia está presente em vários regimes famosos. Coma pouco de cada vez, mastigue bem os alimentos e faça pausas a cada garfada. Se decidiu comer algo mais calórico, delicie-se sem culpa.

12. Não ficar obcecado com a balança
Não foque a sua dieta apenas na perda dos quilos a mais, mas também noutros aspetos como a adoção de hábitos alimentares saudáveis que lhe permitem manter o novo peso a longo termo.

13. Procurar apoio
A Dieta Weight Watchers destaca-se por incluir no seu plano a participação em grupos de apoio importantes para manter a motivação e desviar-se das tentações.

14. Usar condimentos
Estes incluem vinagre, sumo de limão, malaguetas, ervas aromáticas e especiarias. Utilize-os nos seus cozinhados para dar mais sabor aos alimentos, diminuir a quantidade de sal e açúcar e... perder peso!

15. Beber água
Embora não haja estudos que comprovem que a água ajuda a emagrecer, esta bebida não contêm calorias, é saudável e confere saciedade. Certifique-se de que bebe oito copos de água por dia.

16. Excluir os alimentos que dilatam a barriga
Se tem frequentemente a barriga inchada experimente excluir da dieta, durante três dias, alimentos como o sal, os molhos salgados e alimentos muito processados, hidratos de carbono em excesso (massa e pão na lista da frente), alimentos crus volumosos, feijão e couve-flor, açúcares álcoois (substitutos de açúcar, como xilitol e malitol), fritos, bebidas com gás, álcool e café.

17. Consumir ovo
É rico em colina, um nutriente que bloqueia a absorção de gordura e desfaz os depósitos de gordura no organismo. «Pode consumi-lo cozido ou cozinhado com um fio de azeite. É rico em proteínas de boa qualidade e o seu teor em hidratos de carbono é praticamente nulo. É muito saciante e tem apenas cerca de 80 calorias. Se não tem colesterol elevado, pode comer um por dia», refere a nutricionista Patrícia Segadães.

18. Fazer refeições com espinafres
Saciam com muito poucas calorias e contêm antioxidantes e outras substâncias naturais que evitam os processos metabólicos que conduzem à obesidade e à doença cardíaca. Uma chávena de espinafres fornece apenas 5 calorias.

19. Apostar nos ácidos monosaturados
Uma dieta rica neste tipo de gordura aumenta a saciedade, reduzindo a fome, estabilizando o metabolismo e o comportamento alimentar.

20. Deliciar-se com chocolate preto
Controla as ânsias alimentares e contém antioxidantes benéficos para a saúde. Escolha as variedades com, pelo menos, 70 por cento de cacau e coma apenas dois quadrados por dia.

21. Escrever um diário alimentar
Na Dieta Weight Watchers é-lhe pedido que aponte tudo o que come. «É uma forma de ganharmos consciência daquilo que comemos e pode até levar-nos a fazer opções alimentares mais saudáveis», refere Patrícia Segadães, nutricionista.

22. Seguir a regra 80 por 20
Porque é impossível seguir um plano alimentar a 100 por cento, todos os dias, siga-o à risca quatro vezes por semana. Nos restantes três dias, cumpra-o, pelo menos, a 80 por cento e quebre até 20 por cento das regras.

23. Experimentar farelo de aveia
Está presente em muitas dietas, «é um cereal integral muito rico em proteína, tem todos os aminoácidos essenciais ao organismo e fibra solúvel, por isso é muito saciante», refere a nutricionista.

24. Manter a insulina estável
«São os níveis excessivos da hormona insulina que o tornam gordo e que o mantêm gordo», defende Barry Sears, autor da Dieta da Zona. Para controlar a insulina, faça várias refeições, restrinja e selecione os hidratos de carbono, preferindo alimentos ricos em fibra e de baixo índice glicémico (grão, feijão, leite, maçã, laranja, iogurte, por exemplo) e prefira alimentos com ácidos gordos ómega-3, nomeadamente peixes gordos, nozes e sementes.

25. Controlar a mentes
Alguns autores propõem controlar o peso através de meditação e de técnicas psicológicas já testadas. «O fator emocional deve ser sempre considerado em qualquer regime de perda de peso. É por aí que se deve começar», comenta Patrícia Segadães.
Matéria daqui

Beijokas suaslindas e até amanhã

6 comentários:

Bethynha disse...

Bom diaaaa
Ir no mercado com fome realmente não presta. É uma tentação em cada "esquina" hahaha.
Cada dica de RA é importante, vamos pegando aqui e la e vamos vendo o que nso encaixa melhor em nosso organismo.
bjao e boa quarta

Lu Fernandes disse...

Ótimas dicas!!! Bom dia!!! Amei a 16!!
Vou fazer pra ver se a barriga murcha!! bjosss

Vania Oliveira disse...

Comecei o jump ontem mesmo, e adorei, uma amiga de blog me enviou uma vídeo aula maravilhosa...
Adorei as suas dicas, principalmente a numero 12...rs
um bom dia,
bjus ;)

Nerfetiti disse...

NOSSA PRECISO FAZER ISSO... ANTES DO MEU CASAMENTO... VALEU A DICA...

Ana Carla disse...

Sempre bom lembrar aquilo que já sabemos, mas fingimos não saber, né? Rs... Quanto à TPM: amo a ginecologista que me receitou pílulas de uso contínuo, que eliminaram a menstruação da minha vida! Beijo!

Fabiana Tardochi disse...

Adorei as dicas!
Muitas eu já sigo, outras vou tentar implementar no dia a dia.

um beijo